11 julho 2016

Minha opinião sobre piso vinílico!


Oi gente! Tudo bem com vocês?

Primeiramente gostaria muito de agradecer às amigas todas as palavras e carinho que recebi no último post. Fiquei muito feliz com cada querida que se importou realmente com a fase que estou passando! Muito obrigada, mesmo!!!

No post de hoje, como já prometido, venho deixar aqui minha opinião em relação ao piso vinílico. É bem difícil acharmos informações sobre ele, já que é um tipo de piso não muito comum aqui no Brasil, agora que está começando a ficar mais popular, e então para ajudar venho relatar as minhas experiências. 

Contei sobre a instalação do piso neste post e aqui também.

Quando optamos pelo vinílico, não encontramos muita coisa na internet a respeito, mas mesmo assim decidimos nos arriscar pela vaga informação que achamos. Por morarmos em apartamento térreo, a umidade que atinge o piso é mais séria, por isso já descartamos totalmente o piso laminado. A cerâmica parecia ser o mais aceitável já que não sofre com a umidade, mas não queria que meu lar ficasse gelado como um iglu, e uma das características do vinílico é o conforto térmico! Juntando esses fatores conforto térmico + umidade (que poderia aparecer com maior frequência) + aparência + acústica + fácil instalação, não tivemos dúvidas em optar pelo vinílico.

Na loja em que compramos o piso, eles trabalham com a marca HG Tech. Nunca tinha ouvido falar, mas se tratando de vinílico, tudo é muito novo.
Escolhemos uma cor que agradasse os dois, ou seja, nem muito escura, nem muito clara. Ficamos com o Ecovinil MSW1020:

Fonte. Ele não é escuro como nas fotos, mas a iluminação acaba alterando os tons.



 E a minha opinião? Bom... depois de quase um ano de instalação encontramos problemas sim, mas as vantagens são maiores:

Aparência: Eu achava que vinílico fosse tipo uns tapetes de borracha que encontramos em casas mais antigas, então confesso que tinha um pouco de preconceito. Mas gente... ele é incrível! É uma régua bem rígida e imita perfeitamente a madeira!!! O modelos que escolhemos ainda tem fissuras, o que fica mais parecido ainda! As pessoas vivem confundindo com piso de madeira, laminado.

Piso logo que foi instalado.

Fissuras no piso, imitando madeira rústica.

Instalação: Foi um pouco demorada devido ao alisamento que o rapaz teve que fazer, pois a MRV entregou nosso apê (e a maioria de todos os apartamento aqui do condomínio) sem contrapiso. Acho que foram 5 dias para instalar, isso porque o rapaz era meio sossegadão e trabalhava sozinho. Mas foi tranquilo, não teve sujeira e ele só precisou de cola e estilete.

Acústica: Quando chego em casa de salto, claro que faz barulho, mas algo bem mais sútil. Quando derrubamos coisas pesadas no chão, parece muito quando cai algo em cima de tapete, aquele barulho choco e abafado, sabe?! Não temos problemas quanto ao quesito barulho.

Limpeza: O instalador alertou para o uso de ceras de qualquer tipo: pelo fato do piso ter fissuras, com o tempo o produto vai se acumulando nas ranhuras e pode tirar todo o efeito rústico, e inclusive danificar a sua superfície, por isso aboli a cera da lista de limpeza! Fui orientada a utilizar uma vassoura de cerdas bem macias e para tirar o "grosso", limpar com pano úmido e detergente neutro.
Até procurei produtos específicos, porém encontrei pouquíssima coisa, a maioria era para uso industrial e ainda com a orientação em uso de "piso paviflex". Pelo que pesquisei, é quase a mesma coisa, mas preferi não me arriscar. Aqui sigo as orientações do instalador, somente troco o detergente neutro pelo Ajax Festa das Flores diluído na água (nunca direto no piso), para deixar aquele cheirinho gostoso de limpeza.


Produto que uso para limpar o piso e deixá-lo cheiroso.

Conforto térmico: O piso é super quentinho no inverno, dá pra andar descalço tranquilamente, fica super aconchegante. No verão, é fresco, o apê fica bem fresquinho, não fica aquele calorzão que geralmente vem do chão, sabem?!

Valores: O vinílico não é um piso barato, mas também não é algo extremamente espalhafatoso: pagamos em torno de R$ 2.800,00. Fizemos orçamentos na época em quase R$ 5 mil e pudemos perceber que o responsável pela variação de preço muitas vezes é o rodapé.


Problemas: Logo que instalamos o piso, percebemos que em alguns pontos quando caminhávamos faziam uns barulhos o tipo "descolando". Achamos que fosse pelo fato da cola não ter secado totalmente, e que com o tempo resolveria. Mas pelo contrário, o barulho só foi piorando e as réguas começaram a soltar nas pontinhas. Chamamos o instalador e ele nos disse que provavelmente foi a cola que utilizou, pois como fazia frio na época e o apê estava vazio, acabou não aderindo corretamente. Foram feitos os reparos utilizando uma cola diferente e as réguas foram recolocadas (no total foram umas 5 ou 6 réguas em pontos diferentes). Mas agora com o frio voltando com tudo, percebemos novamente o barulho de "descolamento" (como se puxasse um durex com força) e as réguas estão "empinando".


Na entrada do nosso quarto.

Nessa parte a borda chegou a quebrar, de tantos tropeços. Também na entrada do nosso quarto.

No nosso quarto, bem rente ao guarda roupas.

No nosso quarto, entre a cama e o guarda roupas.

Na porta de entrada para o segundo quarto.

Neste caso achamos que não é problema do piso, mas do instalador. Talvez ele tenha economizado na cola, ou usado alguma de qualidade inferior, talvez o alisamento não foi feito corretamente. Talvez tenha refeito o trabalho com preguiça (estava dentro da garantia de instalação ainda). Ou talvez seja realmente por causa do clima. Por coincidência esses defeitos apareceram no nosso quarto, o último cômodo em que o rapaz  fez a instalação. Estranho, né?!
Marido e eu estamos querendo fazer o reparo por conta própria. A cola para piso vinílico é vendida em materiais de construção e tem fácil aplicação. Como são só essas "bordinhas", fica mais simples de ajeitar. Qualquer coisa, venho correndo contar para vocês.

Dilatação: outra coisa que reparamos foi o afastamento entre algumas réguas. Tem lugar que conseguimos ver bem certinho a camada de alisamento que foi feito. Imaginei na hora que poderia ser alguma dilatação do piso devido à mudança de clima.

Dilatação na sala.

Essa "valetinha" está bem visível. Não sei se na fotos vocês observam, mas o contrapiso fica bem nítido.

Procurei na internet explicações sobre o que poderia ser e achei resultados que me deixaram muito mais em dúvida. Como disse ali em cima, a informação sobre o vinílico é pouca e muito confusa, e nas pesquisas que fiz encontrei sites dizendo que o piso dilata, e outros dizendo que o piso não dilata. Então entrei em contato com o representante do piso em Curitiba (achei que ele poderia ter mais informações do que o instalador) o rapaz me disse que realmente o piso não dilata, o que sofre com a variação de temperatura é a cola. Mas tenho observado essa variação somente em alguns pontos do apê, não é nada generalizado ou exagerado, mas para uma perfeccionista nata, não adianta, tudo parece ter proporções maiores.

No geral, gostei muita da nossa escolha pelo piso vinílico e apesar dos probleminhas apresentados, não me arrependo, encontrei muitas vantagens.

Pessoal... as fotos ficaram com variações de cores devido à iluminação, (dia, noite, sol, lâmpadas, inverno, verão), câmera (umas eu tirei quando minha câmera ainda funcionava, outras com o celular). A cor que ficou mais próxima do natural é aquela primeira seleção de fotos logo que o piso foi instalado.

Mais alguém optou pelo vinílico? Para quem está pesquisando sobre, espero que o post tenha sido útil.
Tenho mais resenhas para fazer, e provavelmente a próxima será sobre o chuveiro.
Bjos, até mais!


20 comentários:

  1. Oieee, esse piso é muito lindo!
    É bom saber um pouco dobre os possíveis "problemas", porque para trocar depois acaba sendo meio caro.

    Beijo'
    http://www.casarsemdesleixar.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazzi!
      É verdade, sai caro mesmo. Mas acredito que não seja coisa difícil de arrumar, sabe? Pretendo dar um jeito nisso sem chamar o instalador! Rsrs...

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  2. o piso é lindo.
    mas que pena que esta saindo, provavellmente seja problema da cola mesmo.

    doida pra ver a resenha do chuveiro, seu chuveiro é um sonho.

    beijos
    http://maisumbeijo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lindo, né Bruna?! Mas tenho certeza que marido e eu daremos um jeitinho e tudo voltará a ser mais lindo ainda, rsrs...

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Olá Aline.. muito bom saber sobre sua experiência sobre o vinilico. Eu quero por sim no meu mais ainda não pesquisei a fundo sobre eles. Uma pena o seu estar soltando. Era melhor ter colocado durante o verão, que aí o frio não prejudica a instalação?

    Beijos vizinha
    diario509.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois então, Joyce... eu recomendo, apesar dos probleminhas, que acredito que foi mais por causa da instalação mesmo.
      O rapaz só nos falou da variação do clima depois que chamamos para arrumar. Então acho que foi mais falta de informação dele e a utilização de produto barato, sabe?!

      Bjos, obrigado pela visita!

      Excluir
  4. Aline achei que ficou super lindo e mesmo com esses probleminhas e mais positivo que negativo. Pergunta: e desse ai mesmo um material vinilico mas que se pode escrever? Estou querendo colocar na parede aqui de casa... Beijossssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maiele!

      Então, você diz daqueles tipo lousa? Eu não entendo muito disso, nunca pesquisei (não faz meu estilo, rsrs), mas eu vi pessoas que fizeram as paredes revestidas com papel contact e existe até uma tinta própria para este fim. Vale a pena pesquisar o que seria melhor para você neste caso...

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Oiii obrigada pela visita no meu blog rsrsrrs li seu post mais de piso não entendo nada rsrrsrs, meu noivo é arquiteto então imagine como é rsrs ele me fala de algo e eu fico boiando rsrrsrs

    beijinhos
    www.maayracaroline.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayra!
      Pode ter certeza que um dia você entenderá tudo sobre reforma, decoração, construção... Também não entendia nada, mas a partir do momento que compramos nosso apê, as coisas mudaram.

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  6. Que interessante, gostei muito pelo fato dele ser mais quentinho.
    Quanto a esses descolamentos deve ser pouca cola mesmo
    Depois conta pra gente se deu certo com vcs colando!
    Bjus
    Taty
    Na Casa dos Abrantes
    Canal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Taty!
      Para quem gosta de andar com os pés descalços é uma delícia!
      Pode deixar que virei aqui contar da nossa arte, com certeza!

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  7. Oiii.
    Bom, 3ª vez que tento comentar... Está dando erro, vamos ver se vai... :(
    Que lindo seu piso! Pena que vc está tendo alguns probleminhas... Tomara que consiga resolver logo!
    Aqui, colocamos piso de cerâmica imitando madeira. Sim, é gelado no inverno, dias mais frios só com tênis, rs. Mas, gosto bastante, pois é do jeito que eu e meu esposo queríamos.
    Quando estávamos reformando, fomos informados que prédios costumam sofrer leeeves oscilações ao longo do tempo, e que é comum os pisos, mesmo os cerâmicos, sofrerem dilatação. E, que para evitar isso, é importante usar, nos pisos cerâmicos, argamassa e rejunte flexível... Muito doido isso, né?
    Também uso o Ajax Festa das Flores aqui, é muito bom: cheiroso e deixa um brilho bem bonito no piso.
    Fico feliz que vc está bem, tentando se reerguer. Não te conheço pessoalmente, mas torço por seu bem estar e sua felicidade.
    Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa vida, Bela Flor... o que será que acontece com o blogger hein?! Olhei nas configurações e não encontrei nenhum bloqueio. Mas que bom que deu certo o seu comentário!

      Então, quando morava com meus pais o piso era todo revestido de cerâmica imitando madeira, achava lindo demais, só que era bem gelado, e como sinto muuuito frio optei por algo mais "quentinho".

      Nossa... não sabia desta informação sobre os piso predial. Obrigada pela dica!

      Muito obrigada também pelas palavras, pela força e por se importar com alguém que você nunca viu, rsrs... Logo estarei 100% disposta novamente!

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  8. Oiii...
    Que bom que fez esta resenha, ajuda muito para quem está em dúvida se coloca ou não...
    Por aqui optamos pelo laminado e fomos nós que compramos a cola, o instalador só colocou...
    Até o momento não tivemos nenhum problema, nenhum mesmo após 1 ano e 7 meses, mas vamos ver com o tempo...rs

    Beijinhoss!

    https://laresmeraldafeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Grazi... ajuda bastante encontrar opiniões assim, né?!
      Eu acho bonito o laminado, mas lá no apê não daria certo mesmo. Apesar de tudo estou muito satisfeita com o vinílico.

      Bjos, obrigada pela visita!

      Excluir
  9. Oii Aline, vim agradecer a visita no meu cantinho rsrss

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, Mayra! Estou adorando os preparativos para o seu casamento!

      Bjos, até mais!

      Excluir
  10. Oiii Aline...
    Te indiquei para uma TAG lá no blog *-*
    http://laresmeraldafeliz.blogspot.com.br/

    Beijinhoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, Grazi! Já olhei e logo publicarei minhas respostas!

      Bjos!

      Excluir